Bursite

bursite é a inflamação de uma bolsa sinovial, um saco membranoso revestido por células endoteliais. Ela pode ou não se comunicar com as membranas sinoviais das articulações. A função desta bolsa é evitar o atrito entre duas estruturas (por exemplo, tendão e osso ou tendão e músculo) ou proteger as proeminências ósseas. As bursas estão localizados próximas a articulações. Qualquer processo inflamatório nestes tecidos moles será percebido freqüentemente por pacientes como dor na articulação e, equivocadamente como artrite. A doença pode ser aguda ou crônica. A ocorrência de bursite é comum nos ombros, cotovelos e quadril. Mas ela também pode ocorrer nos joelhos, calcanhares e no dedão do pé, além de outras articulações. Em geral, bursite ocorre perto das articulações que realizam movimentos repetitivos.

O que é Bursite?

Sinônimos: inflamação da bursa

Bursite é a inflamação da bolsa sinovial, uma estrutura cheia de líquido que se localiza entre um tendão e a pele ou entre um tendão e o osso, com função de amortecimento, e auxílio no deslizamento dos tecidos e sua nutrição.

A doença pode ser aguda ou crônica.

A ocorrência de bursite é mais comum nos ombros, cotovelos e quadril. Mas ela também pode ocorrer nos joelhos, calcanhares e no dedão do pé, além de outras articulações. Em geral, bursite ocorre perto das articulações que realizam movimentos repetitivos.

Causas da Bursite

  • Traumatismos
  • Alguns bursas, como no joelho e cotovelo ficam logo abaixo da pele. São esses os locais do corpo com maior risco de traumas que podem ocasionar a bursite.
  • Infecções
  • Lesões por esforço
  • Uso excessivo das articulações
  • Movimentos repetitivos
  • Artrite (inflamação das articulações)
  • Gota (depósito de cristais de ácido úrico na articulação)
  • A causa mais comum de bursite é a repetição de movimentos em determinadas articulações ou posições que possam causar danos às bursas. Isso pode acontecer nas seguintes situações:
  • Lançar bolas ou levantar algo sobre sua cabeça repetidamente
  • Apoiar-se em seus cotovelos por longos períodos de tempo
  • Ajoelhar-se por períodos longos de tempo
  • Ficar muito tempo sentado, principalmente sobre lugares pouco confortáveis e com superfícies duras

Bursite: Tratamento

O tratamento deve ser feito sob orientação médica e pode incluir o uso de anti-inflamatórios, corticóides e redução dos movimentos na área afetada. Exercícios fisioterapêuticos são aconselháveis, desde que orientados por profissionais especializados. Casos mais graves podem exigir intervenção cirúrgica (bursectomia) ou o tratamento mais eficaz e aconselhado neste caso ajuste manual e reeducação da articulação. Este tratamento pode ser solicitado a um dos nossos especialistas.

Recomendações em caso de Bursite

Não se automedique. Analgésicos podem ser contra-indicados para mulheres grávidas e pessoas com histórico de úlcera; Deixe a área afetada descansar o máximo possível; ·Faça aplicações de gelo no local; ·Procure descobrir as actividades que agravam o processo inflamatório e evite-as; ·Faça exercícios de alongamento, fortalecimento muscular e senão obtiver sucesso contacte um profissional especializado.

Sintomas de Bursite

Uma pessoa com bursite pode notar:

  • Dor nas articulações e sensibilidade ao pressionar a região ao redor da articulação
  • Rigidez e dor ao mover a articulação afetada
  • Inchaço, calor ou vermelhidão na articulação, principalmente quando relacionadas a infecção.
  • As medidas que você pode tomar em casa para aliviar a dor da bursite incluem:
  • Descanso e imobilização da área afetada
  • Aplicação de gelo para reduzir o inchaço
  • Uso de medicamento para aliviar a dor e reduzir a inflamação
  • Amortecimento nos joelhos, colocando um pequeno travesseiro entre as pernas na hora de dormir
  • Evitar pressão sobre o cotovelo, evitando inclinar-se ou colocar o próprio peso sobre os cotovelos para levantar da posição deitada
  • Alongamentos e fortalecimentos de acordo com a indicação médica.

Complicações possíveis em caso de Bursite

Bursite não tratada pode evoluir para alguns problemas mais graves de saúde, a exemplo de bursite crônica. Além disso, diversas injeções repetitivas de esteroides, principalmente em um curto período de tempo, podem causar danos aos tendões.

Prevenção

Embora nem todos os tipos de bursite possam ser prevenidos, você pode reduzir o risco de contrair a doença e pode, também, reduzir a gravidade dos sintomas, alterando a maneira de executar determinadas tarefas, por exemplo:

  • Use almofadas nos joelhos ou algum tipo de preenchimento para reduzir a pressão sobre os joelhos, se o seu trabalho ou hobby requer actividades ajoelhado
  • Levante-se correctamente, dobrando os joelhos ao levantar. Não fazer isso coloca pressão adicional sobre as bursas dos quadris
  • Evite carregar muito peso acima da cabeça. O transporte de cargas muito pesadas coloca pressão sobre as bursas dos ombros
  • Faça pausas frequentemente. Prefira tarefas repetitivas alternadas com descanso ou então outras atividades
  • Tente não permanecer sentado em uma única posição por muito tempo, especialmente em superfícies duras, pois isso coloca pressão sobre as bursas dos quadris e nádegas
  • Mantenha um peso saudável. Estar acima do peso coloca mais estresse sobre as articulações
  • Exercite-se, fortaleça os músculos e ajude a proteger a articulação afetada
  • Aquecer e alongar antes de actividades extenuantes podem proteger as articulações de lesões.
Partilha nas redes sociais
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •