Sacro

Sacro

O sacro em forma de cunha fornece uma forte base para o cíngulo do membro inferior. Consiste em quatro ou cinco vertebras sacrais que se fundem depois dos 26 anos de idade. O sacro tem uma face auricular extensa em suas laterais para a articulação sacroilíaca ligeiramente móvel com o ílio do quadril. Uma crista sacral mediana é formada ao longo da superfície posterior pela fusão dos processos espinhosos. Forames sacrais posteriores em ambos os lados da crista mediana permitem a passagem de nervos da medula espinal. O canal sacral é a cavidade tubular dentro do sacro que é contínuo com o canal vertebral. Um par de processos articulares superiores, que se articula com a quinta vertebra lombar, origina-se da rugosa tuberosidade sacral ao longo da superfície posterior. A superfície anterior lisa do sacro forma a face posterior da cavidade pélvica, e tem quatros linhas transversais que demonstram a fusão dos corpos vertebrais. Nas extremidades destas linhas estão os pares de forames sacrais anteriores (DE GRAAFF, 2002).

 

A articulação sacroilÌaca , devido a sua anatomia, é uma articulação especial, podendo ser afetada por diversas patologias.
As espondiloartropatias soronegativas são exemplos clássicos destes distúrbios.
Aparentemente, a disfunção do sacroilÌaco é uma disfunção biomecânica desta articulação e poderia ser uma causa de lombalgia. A Historia e o exame físico, por não serem muito específicos, muitas vezes não são suficientes para fazer este diagnóstico. Estudos de imagem também tem suas limitações. O bloqueio anestésico guiado por fluoroscopia, tomografia computorizada ou por ressonância magnética, È considerado o teste padrão, para demonstrar que a dor é originaria desta articulação.
Quando o tratamento conservador falha, é possível usar modalidades terapêuticas invasivas, mas a eficácia delas ainda
não foi comprovada. A artrodese deve ser reservada para os casos muito incapacitantes que não responderam as abordagens menos agressivas. Para alguns pacientes, os opioides podem ser a ultima esperança.
sacro

tratamento de dor no sacro

Partilha nas redes sociais
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •